Mamoplastia de Aumento (Prótese de Mama)

A plástica mamária com o uso de prótese de silicone é indicada na maioria das vezes para pacientes que têm mamas pequenas e que desejam o aumento destas e uma melhor proporção corporal. Há também pacientes que após gravidez, amamentação ou perda de peso tiveram redução do volume mamário, com ou sem discreta ptose (queda) da mama. A cirurgia tem por finalidade melhorar a projeção, o contorno e as proporções das mamas, possibilitando a utilização de roupas com decote e o fim da necessidade de “esconder” o corpo ou de utilizar recursos como sutiãs com enchimento ou com armação.

Os implantes atuais são feitos com gel de silicone de alta coesão no seu interior, evitando os problemas do silicone líquido utilizado no passado. A prótese de silicone não traz prejuízo à saúde da mulher (câncer de mama, doenças reumáticas, etc). Exames radiológicos de rotina (mamografia e ultrassonografia) também não são prejudicados.

Existem diversos modelos de próteses, com perfil baixo, alto e super alto, com diferentes formatos da base (redondo, anatômico), e revestimento (poliuretano ou texturizada). Durante a consulta as variedades de implantes são mostradas à paciente. A soma das preferências do paciente com a experiência do médico permite chegar à conclusão de qual modelo e de qual volume são os mais indicados para cada caso.

As vias de acesso para introdução da prótese são três: areolar, submamária e axilar. A prótese pode ser posicionada em dois espaços diferentes: à frente ou atrás do músculo peitoral. Cada método tem suas vantagens e desvantagens, que são debatidas e explicadas ao paciente. Mas o local mais comum tem sido à frente músculo, e não atrás.

O tamanho das mamas será a somatória do volume das próteses com o volume das mamas, porém é importantíssimo que seja proporcional ao tórax da paciente, com um resultado harmonioso.

Este procedimento proporciona um aumento do volume mamário com cicatrizes pequenas e camufladas, com muita naturalidade de contorno.

Anestesia »

Peridural ou geral.

Tempo de Internação »

12 horas.

Procedimento Cirúrgico »

As vias de acesso para introdução da prótese são três: areolar, submamária e axilar. A prótese pode ser posicionada em dois espaços diferentes: à frente ou atrás do músculo peitoral.
A escolha do método deve ser feita durante a consulta em conjunto com o médico, após discussão sobre os prós e contras de cada técnica.

Pós-Operatório »

O pós-operatório é pouco doloroso, nos casos em que as próteses são colocadas sob a glândula mamária. Nos casos de implantação sob o músculo peitoral, a dor pós-operatória é mais evidente. Deve-se evitar esforços com os braços por 30 dias.
Usará um sutiã modelador que é colocado imediatamente após o término da cirurgia, sendo utilizado durante 30 dias, retirado somente no momento do banho.

Repouso absoluto em casa por 7 dias, com poucos movimentos dos braços.
Depois deste período pode realizar algumas atividades leves.
A depender da profissão é possível retornar ao trabalho, com certas limitações.
Guiar carros somente após 15 dias.

Complicações »

Apesar de raras , é importante relatar que elas podem ocorrer após a cirurgia. Podem ocorrer: infecção, hematomas, contratura capsular, assimetrias, e alterações nas cicatrizes.

Resultado Final »

Ao longo do primeiro mês há uma diminuição substancial do inchaço e uma boa evolução da aparência da cicatriz. No entanto, como em toda Cirurgia Plástica, o resultado definitivo somente será percebido após 6 meses.

Riscos e informações de segurança »

A decisão de se submeter à cirurgia de mamoplastia de aumento é pessoal e é você quem deve decidir se os benefícios atingirão seus objetivos e se os riscos e potenciais complicações são aceitáveis. Você deverá assinar o termo de consentimento para assegurar que compreendeu plenamente o procedimento ao qual vai se submeter e quaisquer riscos ou complicações potenciais.


bar

bar


Mamoplastia de Aumento (Prótese de Mama)

A plástica mamária com o uso de prótese de silicone é indicada na maioria das vezes para pacientes que têm mamas pequenas e que desejam o aumento destas e uma melhor proporção corporal. Há também pacientes que após gravidez, amamentação ou perda de peso tiveram redução do volume mamário, com ou sem discreta ptose (queda) da mama. A cirurgia tem por finalidade melhorar a projeção, o contorno e as proporções das mamas, possibilitando a utilização de roupas com decote e o fim da necessidade de “esconder” o corpo ou de utilizar recursos como sutiãs com enchimento ou com armação.

Os implantes atuais são feitos com gel de silicone de alta coesão no seu interior, evitando os problemas do silicone líquido utilizado no passado. A prótese de silicone não traz prejuízo à saúde da mulher (câncer de mama, doenças reumáticas, etc). Exames radiológicos de rotina (mamografia e ultrassonografia) também não são prejudicados.

Existem diversos modelos de próteses, com perfil baixo, alto e super alto, com diferentes formatos da base (redondo, anatômico), e revestimento (poliuretano ou texturizada). Durante a consulta as variedades de implantes são mostradas à paciente. A soma das preferências do paciente com a experiência do médico permite chegar à conclusão de qual modelo e de qual volume são os mais indicados para cada caso.

As vias de acesso para introdução da prótese são três: areolar, submamária e axilar. A prótese pode ser posicionada em dois espaços diferentes: à frente ou atrás do músculo peitoral. Cada método tem suas vantagens e desvantagens, que são debatidas e explicadas ao paciente. Mas o local mais comum tem sido à frente músculo, e não atrás.

O tamanho das mamas será a somatória do volume das próteses com o volume das mamas, porém é importantíssimo que seja proporcional ao tórax da paciente, com um resultado harmonioso.

Este procedimento proporciona um aumento do volume mamário com cicatrizes pequenas e camufladas, com muita naturalidade de contorno.

Anestesia »

Peridural ou geral.

Tempo de Internação »

12 horas.

Procedimento Cirúrgico »

As vias de acesso para introdução da prótese são três: areolar, submamária e axilar. A prótese pode ser posicionada em dois espaços diferentes: à frente ou atrás do músculo peitoral.
A escolha do método deve ser feita durante a consulta em conjunto com o médico, após discussão sobre os prós e contras de cada técnica.

Pós-Operatório »

O pós-operatório é pouco doloroso, nos casos em que as próteses são colocadas sob a glândula mamária. Nos casos de implantação sob o músculo peitoral, a dor pós-operatória é mais evidente. Deve-se evitar esforços com os braços por 30 dias.
Usará um sutiã modelador que é colocado imediatamente após o término da cirurgia, sendo utilizado durante 30 dias, retirado somente no momento do banho.

Repouso absoluto em casa por 7 dias, com poucos movimentos dos braços.
Depois deste período pode realizar algumas atividades leves.
A depender da profissão é possível retornar ao trabalho, com certas limitações.
Guiar carros somente após 15 dias.

Complicações »

Apesar de raras , é importante relatar que elas podem ocorrer após a cirurgia. Podem ocorrer: infecção, hematomas, contratura capsular, assimetrias, e alterações nas cicatrizes.

Resultado Final »

Ao longo do primeiro mês há uma diminuição substancial do inchaço e uma boa evolução da aparência da cicatriz. No entanto, como em toda Cirurgia Plástica, o resultado definitivo somente será percebido após 6 meses.

Riscos e informações de segurança »

A decisão de se submeter à cirurgia de mamoplastia de aumento é pessoal e é você quem deve decidir se os benefícios atingirão seus objetivos e se os riscos e potenciais complicações são aceitáveis. Você deverá assinar o termo de consentimento para assegurar que compreendeu plenamente o procedimento ao qual vai se submeter e quaisquer riscos ou complicações potenciais.


bar


Mamoplastia de Aumento (Prótese de Mama)

A plástica mamária com o uso de prótese de silicone é indicada na maioria das vezes para pacientes que têm mamas pequenas e que desejam o aumento destas e uma melhor proporção corporal. Há também pacientes que após gravidez, amamentação ou perda de peso tiveram redução do volume mamário, com ou sem discreta ptose (queda) da mama. A cirurgia tem por finalidade melhorar a projeção, o contorno e as proporções das mamas, possibilitando a utilização de roupas com decote e o fim da necessidade de “esconder” o corpo ou de utilizar recursos como sutiãs com enchimento ou com armação.

Os implantes atuais são feitos com gel de silicone de alta coesão no seu interior, evitando os problemas do silicone líquido utilizado no passado. A prótese de silicone não traz prejuízo à saúde da mulher (câncer de mama, doenças reumáticas, etc). Exames radiológicos de rotina (mamografia e ultrassonografia) também não são prejudicados.

Existem diversos modelos de próteses, com perfil baixo, alto e super alto, com diferentes formatos da base (redondo, anatômico), e revestimento (poliuretano ou texturizada). Durante a consulta as variedades de implantes são mostradas à paciente. A soma das preferências do paciente com a experiência do médico permite chegar à conclusão de qual modelo e de qual volume são os mais indicados para cada caso.

As vias de acesso para introdução da prótese são três: areolar, submamária e axilar. A prótese pode ser posicionada em dois espaços diferentes: à frente ou atrás do músculo peitoral. Cada método tem suas vantagens e desvantagens, que são debatidas e explicadas ao paciente. Mas o local mais comum tem sido à frente músculo, e não atrás.

O tamanho das mamas será a somatória do volume das próteses com o volume das mamas, porém é importantíssimo que seja proporcional ao tórax da paciente, com um resultado harmonioso.

Este procedimento proporciona um aumento do volume mamário com cicatrizes pequenas e camufladas, com muita naturalidade de contorno.

Anestesia »

Peridural ou geral.

Tempo de Internação »

12 horas.

Procedimento Cirúrgico »

As vias de acesso para introdução da prótese são três: areolar, submamária e axilar. A prótese pode ser posicionada em dois espaços diferentes: à frente ou atrás do músculo peitoral.
A escolha do método deve ser feita durante a consulta em conjunto com o médico, após discussão sobre os prós e contras de cada técnica.

Pós-Operatório »

O pós-operatório é pouco doloroso, nos casos em que as próteses são colocadas sob a glândula mamária. Nos casos de implantação sob o músculo peitoral, a dor pós-operatória é mais evidente. Deve-se evitar esforços com os braços por 30 dias.
Usará um sutiã modelador que é colocado imediatamente após o término da cirurgia, sendo utilizado durante 30 dias, retirado somente no momento do banho.

Repouso absoluto em casa por 7 dias, com poucos movimentos dos braços.
Depois deste período pode realizar algumas atividades leves.
A depender da profissão é possível retornar ao trabalho, com certas limitações.
Guiar carros somente após 15 dias.

Complicações »

Apesar de raras , é importante relatar que elas podem ocorrer após a cirurgia. Podem ocorrer: infecção, hematomas, contratura capsular, assimetrias, e alterações nas cicatrizes.

Resultado Final »

Ao longo do primeiro mês há uma diminuição substancial do inchaço e uma boa evolução da aparência da cicatriz. No entanto, como em toda Cirurgia Plástica, o resultado definitivo somente será percebido após 6 meses.

Riscos e informações de segurança »

A decisão de se submeter à cirurgia de mamoplastia de aumento é pessoal e é você quem deve decidir se os benefícios atingirão seus objetivos e se os riscos e potenciais complicações são aceitáveis. Você deverá assinar o termo de consentimento para assegurar que compreendeu plenamente o procedimento ao qual vai se submeter e quaisquer riscos ou complicações potenciais.


bar

Mamoplastia de Aumento (Prótese de Mama)

A plástica mamária com o uso de prótese de silicone é indicada na maioria das vezes para pacientes que têm mamas pequenas e que desejam o aumento destas e uma melhor proporção corporal. Há também pacientes que após gravidez, amamentação ou perda de peso tiveram redução do volume mamário, com ou sem discreta ptose (queda) da mama. A cirurgia tem por finalidade melhorar a projeção, o contorno e as proporções das mamas, possibilitando a utilização de roupas com decote e o fim da necessidade de “esconder” o corpo ou de utilizar recursos como sutiãs com enchimento ou com armação.

Os implantes atuais são feitos com gel de silicone de alta coesão no seu interior, evitando os problemas do silicone líquido utilizado no passado. A prótese de silicone não traz prejuízo à saúde da mulher (câncer de mama, doenças reumáticas, etc). Exames radiológicos de rotina (mamografia e ultrassonografia) também não são prejudicados.

Existem diversos modelos de próteses, com perfil baixo, alto e super alto, com diferentes formatos da base (redondo, anatômico), e revestimento (poliuretano ou texturizada). Durante a consulta as variedades de implantes são mostradas à paciente. A soma das preferências do paciente com a experiência do médico permite chegar à conclusão de qual modelo e de qual volume são os mais indicados para cada caso.

As vias de acesso para introdução da prótese são três: areolar, submamária e axilar. A prótese pode ser posicionada em dois espaços diferentes: à frente ou atrás do músculo peitoral. Cada método tem suas vantagens e desvantagens, que são debatidas e explicadas ao paciente. Mas o local mais comum tem sido à frente músculo, e não atrás.

O tamanho das mamas será a somatória do volume das próteses com o volume das mamas, porém é importantíssimo que seja proporcional ao tórax da paciente, com um resultado harmonioso.

Este procedimento proporciona um aumento do volume mamário com cicatrizes pequenas e camufladas, com muita naturalidade de contorno.

Anestesia »

Peridural ou geral.

Tempo de Internação »

12 horas.

Procedimento Cirúrgico »

As vias de acesso para introdução da prótese são três: areolar, submamária e axilar. A prótese pode ser posicionada em dois espaços diferentes: à frente ou atrás do músculo peitoral.
A escolha do método deve ser feita durante a consulta em conjunto com o médico, após discussão sobre os prós e contras de cada técnica.

Pós-Operatório »

O pós-operatório é pouco doloroso, nos casos em que as próteses são colocadas sob a glândula mamária. Nos casos de implantação sob o músculo peitoral, a dor pós-operatória é mais evidente. Deve-se evitar esforços com os braços por 30 dias.
Usará um sutiã modelador que é colocado imediatamente após o término da cirurgia, sendo utilizado durante 30 dias, retirado somente no momento do banho.

Repouso absoluto em casa por 7 dias, com poucos movimentos dos braços.
Depois deste período pode realizar algumas atividades leves.
A depender da profissão é possível retornar ao trabalho, com certas limitações.
Guiar carros somente após 15 dias.

Complicações »

Apesar de raras , é importante relatar que elas podem ocorrer após a cirurgia. Podem ocorrer: infecção, hematomas, contratura capsular, assimetrias, e alterações nas cicatrizes.

Resultado Final »

Ao longo do primeiro mês há uma diminuição substancial do inchaço e uma boa evolução da aparência da cicatriz. No entanto, como em toda Cirurgia Plástica, o resultado definitivo somente será percebido após 6 meses.

Riscos e informações de segurança »

A decisão de se submeter à cirurgia de mamoplastia de aumento é pessoal e é você quem deve decidir se os benefícios atingirão seus objetivos e se os riscos e potenciais complicações são aceitáveis. Você deverá assinar o termo de consentimento para assegurar que compreendeu plenamente o procedimento ao qual vai se submeter e quaisquer riscos ou complicações potenciais.


bar

Procedimentos

Saiba mais sobre nossos procedimentos e a nossa
Equipe Médica.

Lifting de flancos (Torsoplastia)

...

Read more

Toxina Botulínica

...

Read more

Nariz

...

Read more

Prótese de Mama

...

Read more

Lipoabdominoplastia

...

Read more

Lipoaspiração

...

Read more

Gluteoplastia

...

Read more

Lifting Braquial

...

Read more

Pálpebras

...

Read more

Lifting de Coxa

...

Read more

Ginecomastia

...

Read more

Lifting de Dorso

...

Read more

Preenchimento Cutâneo

...

Read more

Mentoplastia

...

Read more

Radiofrequência

...

Read more

Prótese de Panturillha

...

Read more

Lifting Facial

...

Read more

Orelhas

...

Read more

Mamoplastia Redutora

...

Read more

Cirurgias Reparadoras

Cirurgias Reparadoras...

Read more

Procedimentos

Saiba mais sobre nossos procedimentos e a nossa
Equipe Médica.

Cirurgias Reparadoras

Cirurgias Reparadoras...

Read more

Mamoplastia Redutora

...

Read more

Orelhas

...

Read more

Lifting Facial

...

Read more

Prótese de Panturillha

...

Read more

Radiofrequência

...

Read more

Mentoplastia

...

Read more

Preenchimento Cutâneo

...

Read more

Lifting de Dorso

...

Read more

Ginecomastia

...

Read more

Lifting de Coxa

...

Read more

Pálpebras

...

Read more

Lifting Braquial

...

Read more

Gluteoplastia

...

Read more

Lipoaspiração

...

Read more

Lipoabdominoplastia

...

Read more

Prótese de Mama

...

Read more

Nariz

...

Read more

Toxina Botulínica

...

Read more

Lifting de flancos (Torsoplastia)

...

Read more

Procedimentos

Saiba mais sobre nossos procedimentos e a nossa
Equipe Médica.

Lifting de flancos (Torsoplastia)

...

Read more

Toxina Botulínica

...

Read more

Nariz

...

Read more

Prótese de Mama

...

Read more

Lipoabdominoplastia

...

Read more

Lipoaspiração

...

Read more

Gluteoplastia

...

Read more

Lifting Braquial

...

Read more

Pálpebras

...

Read more

Lifting de Coxa

...

Read more

Ginecomastia

...

Read more

Lifting de Dorso

...

Read more

Preenchimento Cutâneo

...

Read more

Mentoplastia

...

Read more

Radiofrequência

...

Read more

Prótese de Panturillha

...

Read more

Lifting Facial

...

Read more

Orelhas

...

Read more

Mamoplastia Redutora

...

Read more

Cirurgias Reparadoras

Cirurgias Reparadoras...

Read more

Procedimentos

Saiba mais sobre nossos procedimentos e a nossa
Equipe Médica.

Lifting de flancos (Torsoplastia)

...

Read more

Toxina Botulínica

...

Read more

Nariz

...

Read more

Prótese de Mama

...

Read more

Lipoabdominoplastia

...

Read more

Lipoaspiração

...

Read more

Gluteoplastia

...

Read more

Lifting Braquial

...

Read more

Pálpebras

...

Read more

Lifting de Coxa

...

Read more

Ginecomastia

...

Read more

Lifting de Dorso

...

Read more

Preenchimento Cutâneo

...

Read more

Mentoplastia

...

Read more

Radiofrequência

...

Read more

Prótese de Panturillha

...

Read more

Lifting Facial

...

Read more

Orelhas

...

Read more

Mamoplastia Redutora

...

Read more

Cirurgias Reparadoras

Cirurgias Reparadoras...

Read more

Centro Médico Hospital da Bahia
Av. Professor Magalhães Neto, 1541, Bloco A, sl 5017, Pituba, CEP: 41810-011 Salvador – Bahia, Brasil
Tel: +55 71 3036-1053

WhatsApp: +55 71 99366-8048